Tabela INSS 2017

O INSS como todos devem saber, é o pagamento que os aposentados recebem do Governo depois que deixam de trabalhar. Esse dinheiro serve para que essas pessoas, tenham uma mínima condição de se sustentar, depois que param de trabalhar e perdem e renda dos seus empregos.


O dinheiro obtido por cada aposentado vem de acordo com um cálculo, o qual, leva em consideração o tempo de trabalho, por quanto tempo a pessoa contribui, a idade que ela se aposentou, entre outros fatores, que juntos, dão a tabela do INSS 2017.

Tabela INSS 2016
Tabela INSS 2017 – Calendário de pagamentos INSS

Novas regras do INSS

Só lembrando que o INSS 2017 teve uma série de mudanças, que fizeram parte do plano de ajuste fiscal do Governo da Presidenta Dilma Rousseff. Entre essas mudanças estão a mudança na idade mínima para a aposentadoria e o valor parcial pago para homens e mulheres, que passou a ser mais baixo.

Lembrando ainda que a contribuição máxima que o INSS paga aos trabalhadores é de 4.663,75, isso caso a pessoa cumpra uma série de requisitos, os quais, nem sempre são fáceis de serem alcançados, como idade mínima de trabalho, de aposentaria e taxa de contribuição feita.

Tabela de benefícios INSS 2017

Além das mudanças ocorridas na tabela de contribuição de valores do INSS – que sará abordada abaixo – ainda existe a tabela de pagamentos de benefícios do INSS, que é alterada todos os anos, definindo a datas de pagamentos dos benefícios aos segurados pela previdência.

Existem duas tabelas oficiais: a primeira que contém as datas de pagamento para benefícios de valor de um salário mínimo, e a segunda, paga em data diversa, para benefícios com valor acima de um salário mínimo.

Tabela de benefícios para o INSS 2016
Tabela de benefícios para o INSS 2017

Taxa INSS 2017

Para se ter direito ao INSS, é preciso pagar um valor mensal ao Governo, que é determinado no início de cada ano, pela Presidente, junto com o Ministro da Economia, para o ano de 2017.

Devido as mudanças no INSS 2017 já citadas, essa taxa também acabou sendo alterada e muita gente acabou optando pela previdência privada, por ser mais lucrativa e menos burocrática. Para quem pensa em pegar o a previdência do Governo, algumas das taxas propostas são as seguintes:

Para trabalhadores, os quais, recebem um salário de até R$ 1.556,94 a alíquota será de 8%, já para quem ganha entre R$ 1.556,95 e R$ 2.594,92, a taxa a ser paga ao Governo visando o benefício do INSS é de 9% e para os trabalhadores que ganham entre R$ 2.594,93 e R$ 5.189,82 a taxa sobe para 11%.

Qualquer salário que seja acima de 5.189,83 vai pagar o teto da contribuição que é de R$ 570,88. Se for parar para pensar, é injusto alguém que ganhe 20000 pagar a mesma quantidade do que alguém que ganhe 5000, mas essa infelizmente ainda é a regra do INSS no Brasil, que impõe esse teto para salário acima de 4663,75. Lembrando que essas taxas são pagas todos os meses, logo que o trabalhador recebe o seu salário.

No início do ano, também é informado o quanto o benefício do INSS é reajustado para os segurados da Previdência Social e no ano de 2017 esse reajuste foi de em 11,28%, em cima do benefício recebido.

Para quem quiser mais informações sobre o pagamento do INSS e suas alíquotas, basta deixar um comentário abaixo que teremos prazer em responder.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...