Consulta PIS

O PIS é o programa de abono ao trabalhador mais importante para os brasileiros que recebem até 2 salários mínimos. Criado em 1970, intenção do programa é o desenvolvimento da empresa paralelamente à integração do empregado. Essa iniciativa traz benefícios, determinados por lei, ao trabalhador do setor. Sua finalidade é promover uma melhor distribuição de renda entre os trabalhadores. Porém muita gente não sabe se tem direito ao benefício, ou a data que recebe, ou ainda o valor do benefício, por isso a Consulta PIS é fundamental para o trabalhador brasileiro que tenha direito ao benefício.


Consulta PIS 2017
Consulta PIS 2017

Todo trabalhador que possui registro na carteira de trabalho, tem direito ao PIS.

Cadastro PIS

O cadastro é feito pelo empregador apenas uma vez, no ato da admissão (no primeiro emprego), em qualquer agência bancária da CEF – Caixa Econômica Federal. Após o cadastro, é gerado um cartão com o número de inscrição, que deve ser entregue ao empregado. Somente com esse cadastro o trabalhador consegue receber os benefícios, como: Seguro Desemprego, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, Abono Social, Previdência Social.

Para ter acesso, é necessário que:

  • Esteja cadastrado, no mínimo, cinco anos no programa;
  • Possui média mensal de remuneração, no ano-base, de até dois salários mínimos;
  • É considerado para apuração, o exercício de atividade remunerada por, no mínimo, trinta dias, mesmo não consecutivos;
  • Cadastro no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) corretamente informado pelo empregador.

O trabalhador que não tiver o cartão do PIS, deve dirigir-se a qualquer agência da Caixa, munido da carteira de trabalho ou cédula de identidade (RG), e verificar a situação cadastral. Se possuir o cadastro, é possível solicitar a segunda via do cartão. Caso contrário, comunicar a empresa onde trabalha para que efetue o cadastramento.

Consulta PIS pela internet

Os trabalhadores que já possuírem cadastro no PIS há mais de 5 anos e possuem renda inferior ou igual a marca de 2 salários mínimos mensais tem direito a consultar o PIS. A Consulta do PIS pode ser realizada pelo portal do cidadão da Caixa, através do link a seguir:

Para acessar o saldo do PIS, é necessário ter em mãos o seu número do PIS – que está presente na sua carteira de trabalho, ou ainda no cartão do cidadão da Caixa. Além disso é necessário cadastrar uma senha, caso você não tenha, para fazer as consultas online do abono salarial do PIS. A consulta é gratuita e pode ser feita quantas vezes você quiser.

Consulta PIS pela agência da Caixa

Outra maneira de sacar o PIS é através das agências da Caixa Econômica Federal. Para realizar a consulta, é necessário portar o seu cartão do cidadão e um documento de identidade com foto. A consulta pode ser feita tanto no caixa eletrônico, quanto no atendimento do banco.

Caso você não possua cartão do cidadão ainda, leve consigo a sua carteira de identidade e vá ao atendimento pessoal do banco, para realizar a consulta. Você pode ainda aproveitar e fazer o seu cartão do cidadão: ele é feito gratuitamente e leva cerca de 30 dias para ficar pronto.

Telefone de Consulta do PIS

Uma terceira opção para consultar o seu abono salarial é através do número de atendimento da Caixa para benefícios sociais. O atendimento é feito pelo número 0800 726 0207, em dias úteis, das 8h às 22h, e nos sábados, das 10h às 16h. A ligação é gratuita e pode ser feita tanto do fixo quanto do celular.

Como sacar o PIS 2017

Para realizar o saque, é necessário:

  • Consultar os calendários de Abono Salarial e Rendimentos do PIS;
  • Apresentar o número de inscrição ou cartão do PIS, munido de documento de identificação com foto, em qualquer agência da Caixa;
  • Quem tem posse do cartão cidadão, pode realizar o saque nos caixas eletrônicos ou correspondentes Caixa e Lotéricas.
  • E, para quem possui conta individual na Caixa, com saldo acima de R$ 1,00 e movimentação, recebe o benefício depositado diretamente.

O valor é equivalente ao salário mínimo vigente, R$ 880,00.

Quotas do PIS 2017

Os valores depositados e distribuídos pelas empresas, referentes ao Programa, destinados aos trabalhadores cadastrados entre 1972 até 04/10/1988, podem ser sacados a qualquer tempo.

E para receber o pagamento, é necessário ser o titular, apresentar o número do PIS, documento de identificação com foto e atender a um dos requisitos, conforme a lei, que são:

  • Morte do participante;
  • SIDA/AIDS, Câncer, Invalidez, Doenças listadas na portaria Interministerial – do participante ou dependente;
  • Aposentadoria;
  • Idade, igual ou superior, a 70 anos;
  • Pessoa portadora de deficiência e ao idoso;
  • Transferência de militar para a reserva remunerada.

O empregado que ainda não sacou o saldo de cotas, tem direito aos rendimentos do PIS, desde que esteja cadastrado no Fundo até 04/10/1988.

Os rendimentos podem ser recebidos através de:

  • Qualquer agência da Caixa;
  • caixas eletrônicos ou correspondentes da Caixa e Lotéricas, com o Cartão Cidadão;
  • crédito em conta individual na Caixa, de mesma titularidade, com movimentação e saldo positivo.

Documentos de identificação:

  • Carteiras de: identidade, habilitação, funcional reconhecida por decreto, identidade de estrangeiros, e trabalho;
  • Identidade militar;
  • Passaporte emitido no Brasil ou exterior.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votes, average: 4.88 out of 5)
Loading...